Deputado Paulo Lemos diz que cobrará do presidente do Congresso a nomeação do superintendente do DNIT no Amapá

Na última sessão antes do feriado do Carnaval, o deputado Paulo Lemos se pronunciou a respeito da situação da BR-156, quase intrafegável, principalmente neste período de chuvas fortes no Amapá. O assunto foi levado à discussão no plenário da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), nesta quinta-feira, 21.

Lemos diz que não há como não se indignar pelo descaso na BR-156. “Isso aborrece a gente por, há anos, não promoverem, sequer, um quilômetro de asfalto, apesar das promessas já feitas”. O deputado disse que cobrará do presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre a nomeação do superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) no Amapá. “Estou esperando que a fala do Davi se concretize”, anunciou.

Foto: selesnafes.com.br – maio de 2015

“Em encontro recente que tive com o presidente Davi, me garantiu que articularia a nomeação do superintendente do órgão e que até fevereiro ocorreria a nomeação. O mês está encerrando e agora é hora de cobrá-lo”, reiterou.

Lemos demonstrou indignação pela inércia do poder público em não olhar com mais atenção da BR-156, único acesso terrestre para regiões como a do Vale do Jarí e Oiapoque. Ele criticou que no período de estiagem nada é feito, e na época das chuvas tampouco e realizado.

“No inverno, pelo menos a recuperação das pontes de acesso a essas localidades poderiam ser trabalhadas. E não vamos tão longe para exemplificar o descaso: a entrada do Conjunto Macapaba, que abriga mais de 30 mil pessoas, há tanta lama na entrada, que motoristas de aplicativo se recusam a pegar passageiros no local. E vejam que estamos falando do início da BR-156. É necessário atenção máxima para resolver esse problema, tavez, um dos mais antigos do nosso estado”, apelou Paulo Lemos.

Júnior Nery – Ascom/Paulo Lemos