Deputado Paulo Lemos defende orçamento de R$ 1,2 bi para saúde pública estadual

Na sessão ordinária desta quarta-feira, 11, o deputado Paulo Lemos (PSOL) voltou a falar da atual situação da saúde pública estadual. Em seu pronunciamento, elogiou a transparência da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), pela apresentação detalhada de sua receita e despesas  àquela Casa de Lei, na última sexta-feira, 6.

Hoje, Lemos pediu a união dos parlamentares para concentrarem forças para ajudar a aumentar o orçamento da saúde, cujo valor previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020 é de R$ 900 milhões, de um total de mais de R$ 6 bi que o Governo do Estado do Amapá (GEA) deverá executar no ano que vem.

Paulo Lemos defende orçamento de R$ 1,2 bi para saúde pública estadual

“A LOA tramita nessa Casa na Comissão de Orçamento e Finanças (COF) e eu defendo que precisamos remanejar recursos de outros setores para incrementar o orçamento da saúde pública. Se nada for feito, vamos continuar recebendo imagens, que mostram, por exemplo, o Hospital de Emergência todo alagado e cheio de goteiras, na primeira chuva do inverno que caiu em nossa cidade. Um verdadeiro caos”, pontou o parlamentar.

Lemos informou ainda que teve a iniciativa de fazer um documento apoiando o deputado Paulinho Ramos, presidente da COF, que em seu parecer conclusivo da LOA, possa remanejar recurso de outros órgãos.

“É importante respaldar o deputado Paulinho, que já assinou a nossa proposta de remanejamento de recursos. Vamos tirar parte da verba de órgão que não estão conseguindo executar e defendo, ainda, que essa Casa aumente a percentagem de remanejamento do executivo sem autorização, que hoje é de apenas 3%, para que o orçamento da saúde chegue a R$ 1,2 bilhões. Para que possamos amenizar essa situação caótica que vive a população”, finalizou.


_____________________________

D1 COMUNICAÇÃO – Assessoria de Imprensa e Produção de Conteúdo Digital

Jornalistas responsáveis: Júnior Nery e Adryany Magalhães

Contatos: (96) 98127-1559 | (96) 99144-5442