Paulo Lemos participa de encontro Transfronteiriço de Políticas para as Mulheres

DEPUTADO PAULO LEMOS EM ENCONTRO TRANSFRONTEIRIÇO NO OIAPOQUE _ 02No último fim de semana, o município de Oiapoque foi sede do 1º Encontro Transfronteiriço de Mulheres, que discutiu políticas públicas e o papel feminino na sociedade. O deputado líder de oposição na Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), Paulo Lemos, esteve presente no evento e falou da importância do congresso para o desenvolvimento social e das garantias dos direitos das mulheres.

“Precisamos estar antenados a todas as questões que afetam a vida das mulheres; combater fortemente o tratamento desigual, que fere os direitos e subestima a capacidade das mulheres. A luta pela igualde de gênero é longa e árdua, mas temos a certeza que essa causa triunfará”, considerou Lemos.

Deputado Paulo Lemos e Anne Pariz, coordenadora Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres de Macapá
Deputado Paulo Lemos e Anne Pariz, coordenadora Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres de Macapá. Discussões para a garantia dos direitos das mulheres

A convite da Alap, que organizou o encontro, a coordenadora Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres de Macapá, Anne Pariz, também esteve presente no evento e mediou debates sobre tráfico internacional de mulheres. Ela destacou a relevância do tema, considerado um dos mais graves problemas enfrentados hoje na região de fronteira.

“É importante ampliar o diálogo e atuação frente às mulheres que vivem na fronteira para auxiliá-las no atendimento, pois vivem em condições de vulnerabilidade social, sujeitas à violência, ao tráfico e ao envolvimento com drogas, e prostituição. É necessário, portanto, atuar de forma articulada e integrada com o Estado para atender essas pessoas”, avalia a coordenadora.

Outros assuntos estiveram na pauta do encontro, como a criação do posto de atendimento à mulher vítima de violência dentro do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública de Oiapoque (Ciosp) e a instalação de uma delegacia especial para mulheres.

Uma carta aberta foi elaborada ao fim do encontro. O objetivo é sensibilizar e nortear o Governo Estadual para o fortalecimento e criação de políticas públicas eficazes para resguardar a vida e a cidadania das mulheres. O evento encerrou com uma macha pelas ruas de Oiapoque com o propósito único de garantir dignidade, direitos e igualdade de gênero pela sociedade.

 

Júnior Nery/Ascom-Paulo Lemos
Jornalista (DRT 343-AP)
Anúncios