Paulo Lemos confirma presença no Ato Mundial em Defesa da Amazônia

O deputado Paulo Lemos usou a tribuna da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), para convocar a população a fazer parte do Ato Nacional em Defesa da Amazônia, que ocorrerá, neste sábado, 2, na Orla de Macapá. A mobilização visa a dizer não a mais esta proposta desmedida do governo Michel Temer, pela extinção Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca) e à exploração mineral na região.

O pronunciamento de Lemos ocorreu durante a sessão ordinária deliberativa, realizada nesta terça-feira, 29. O Ato é organizado pelo mandato do senador Randolfe Rodrigues e diversos setores da sociedade civil organizada.

“O PSOL apoia esta mobilização. Somos contrários ao decreto, que pode acabar com uma imensa área de preservação ambiental, além de pôr em risco as comunidades tradicionais indígenas. O povo de Brasília desconhece a nossa realidade, nossa cultura”, pontuou Lemos.

O deputado afirma, no entanto, que é preciso que o Amapá encontre mecanismos para o desenvolvimento que possam explorar nossas riquezas ambientais. “Temos sim de achar um meio sustentável de desenvolvimento econômico. Uma saída responsável, que não seja uma ‘canetada’ do Michel Temer, em abrir a Amazônia dessa forma, senão, continuaremos a ‘ver navios’, como vimos acontecer com a Serra do Navio”, argumenta.

A concentração do Ato Nacional em Defesa da Amazônia, no sábado, acontecerá em frente à rampa do açaí, no orla do Santa Inês.

Júnior Nery/Ascom-Deputado Paulo Lemos
jornalista (DRT 343-AP)