NOTA DE REPÚDIO

O deputado estadual Paulo Lemos se solidariza à deputada Cristina Almeida, a qual foi vítima de comentário racista e preconceituoso desferida contra a parlamentar, nesta quarta-feira, 12, por um vigilante que prestava serviço no Pronto Atendimento Infantil (PAI), quando ela acompanhava a sobrinha para atendimento médico naquela unidade.

Lemos considerou o fato, além de repugnante, lamentável e condena toda e qualquer manifestação de preconceito e intolerância. O deputado reafirma o seu compromisso com a promoção da igualdade étnico-racial, de gênero, sexual, religiosa, repudiando atitudes como a praticada pelo vigilante do PAI, acometida contra negras, negros, indígenas, quilombolas, mulheres, homossexuais e todos os grupos sociais historicamente discriminados nesse país.

Anúncios