Aprovado Projeto de Lei que institui a Semana Estadual de Orientação Vocacional e Profissional

 

01 PROJETO DE PAULO LEMOS INSTITUI SEMANA ESTADUAL DE ORIENTAÇÃO VOCACIONAL E PROFISSIONAL A ALUNOS DO ENSINON MEDIO DA REDE PÚBLICA NO AMAPÁOs deputados da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) aprovaram por unanimidade, nesta quarta-feira, 5, Projeto de Lei que institui a Semana Estadual de Orientação vocacional e Profissional aos alunos do Ensino Médio da rede pública. O autor é o deputado Paulo Lemos, que afirma ser necessária para esclarecer evitar que os jovens escolham a profissão ideal, sem frustrações ou decepções futuras. O PL segue agora para apreciação do governador Waldez Góes.

A Lei institui que durante a realização da semana de orientação vocacional e profissional, sejam oferecidas pelo Governo do Amapá, cursos e palestras para esclarecer os jovens. Para isso, estabelece que possam ser firmadas parcerias com instituições de ensino superior, instituições e profissionais de diversas áreas para orientar os estudantes da rede pública estadual.

IMG_0328“Pela simples falta de orientação, muitos jovens optam cegamente por determinado curso superior e, no meio de sua jornada acadêmica, acaba desistindo daquela escolha, perdendo tempo, levando-o a repetir todo um processo de aprovação. E isso ocorre mais de uma vez. Quando não, o jovem acaba se tornando um profissional frustrado e infeliz”, considerou Paulo Lemos.

Para o professor Marcelo Lopes, com mais de 20 anos de experiência em sala de aula, o direcionamento vocacional é fundamental para ajudar o aluno a decidir que área do conhecimento deve investir. No entanto, ressalva que esse aconselhamento deve ser de orientação e não de imposição aos jovens.

“Muitos alunos passam por esse dilema. A orientação vocacional, feita por profissionais qualificados, é importante e decisivo para o sucesso na carreira. Embora os pais tendam a escolher a profissão dos filhos, levando em conta status e boa remuneração, a vontade dos filhos devem prevalecer. Ou seja, que não seja uma imposição, mas um aconselhamento”, considera o professor.

Se depender do líder do governo na Alap, deputado Dr. Furlan (PTB), o PL será sancionado. “Sabemos que isso é realidade, e a orientação vocacional é um processo necessário para a escolha profissional   a ser decidida pelo estudantes”, considerou. A Semana Estadual de Orientação Vocacional e Profissional deve ser instituída tão logo o governador Waldez Góes aprove o projeto.

Júnior Nery – Ascom/Paulo Lemos

Jornalista – DRT 343/AP

(96) 98127-1559